16 — 04 — 2015
16 — 04 — 2015
21h30 / Cinemateca Portuguesa / Sala M. Félix Ribeiro

Este filme inicia um percurso que João César Monteiro fará em territórios do imaginário popular e das vivências do mundo rural, ao qual regressaremos no último dia da mostra, mas também introduz o primeiro dos seus alter-egos, João, frade e chefe dos salteadores – um paradoxo moral e social que marca toda a obra até Vai e Vem. A fronteira entre documentário e ficção, se alguma vez existiu em absoluto, é aqui liminarmente abolida, e nesse sentido Veredas abre caminho para a reflexão acerca das “ficções” de César Monteiro, mas também os “documentários” que a mostra apresenta.

Veredas
João César Monteiro
(1977, Portugal, 120')

Em Veredas João César Monteiro inspirou-se numa série de lendas e mitos populares portugueses para “fabricar” (como ele afirma no genérico) um filme que é uma reflexão sobre as nossas raízes culturais. É um magnífico filme, que dialoga com outros momentos da obra do realizador (Silvestre, por exemplo) e com outros títulos fundamentais da cinematografia portuguesa da década de 70, como Trás-os-Montes de António Reis e Margarida Cordeiro. (Cinemateca Portuguesa)



Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
APORDOC
Casa do Cinema
Rua da Rosa, 277, 2º
1200-385 Lisboa
Portugal

CONTACTOS
+351 218 883 093
+351 938 701 690
producao@panorama.org.pt
comunicacao@panorama.org.pt