18 — 04 — 2015
18 — 04 — 2015
21h30 / Reservatório da Mãe d'agua

Intervenções escritas sobre uma televisão que emite um registo do último dia de trabalho nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (que dão o título ao filme): assinala-se o sentido da circulação, descrevem-se os momentos de espera, etiquetam-se as coisas que aparecem e o sítio onde estão. Em silêncio. Hospedaria pelo seu lado refaz (inventa) o som de um albergue abandonado ao mesmo tempo que percorre os espaços e os seus restos. E em Bétail a distância com que se acompanham os movimentos dos corpos dos trabalhadores e dos animais num curral industrial de exploração bovina é rasgada, literalmente, pelo nascimento de um vitelo. O percurso pelas ruínas desemboca na brutalidade do material.

E.N.V.C.
Max Fernandes
(2014, Portugal, 23')

O dia 21 de Fevereiro de 2014 foi o último dia do prazo dado para os trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo rescindirem os seus contratos com a empresa.

Hospedaria
Pedro Neves
(2014, Portugal, 20')

Uma antiga hospedaria, situada no centro do Porto, serviu, durante muitos anos, a albergue de gente com poucas posses, a prostitutas e gente de passagem que fez daquele local residência mais ou menos prolongada. No final de 2013 a inquilina, que subalugava os quartos, entregou a chave ao proprietário. Nos 14 quartos que compõem o edifício foi deixado para trás quase tudo, desde camas por fazer a todo o tipo de objectos, como brinquedos, cartazes, cadeiras e escadotes, roupas e sapatos nos armários. Um diário escrito por uma criança e encontrado no local, remete-nos para o tipo de ambiente - sombrio e violento - que se vivia na hospedaria. Deixou, essencialmente, memórias que projectamos no tempo e no espaço, ecos e sons, imagens do vazio e abandono de um espaço que já não é habitado.



Bétail
Joana Sousa
(2014, Portugal, 25')

Bétail é um documentário experimental sobre o entrelaçamento de corpos e vidas numa exploração bovina. Durante três capítulos, cada um deles focando-se num elemento físico diferente, um nascimento acontece enquanto tem lugar a rotina diária.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
APORDOC
Casa do Cinema
Rua da Rosa, 277, 2º
1200-385 Lisboa
Portugal

CONTACTOS
+351 218 883 093
+351 938 701 690
producao@panorama.org.pt
comunicacao@panorama.org.pt